terça-feira, 28 de junho de 2011

Na verdade eu sou sozinha. Minhas dores ninguém sabe, meus sonhos nunca foram contados, meus medos presos na minha cabeça sem que ninguém imagine. Ninguém sabe que aquela garota que sempre sorri, e está se mostrando forte na verdade está morrendo por dentro, implorando por socorro. Ninguém sabe que essa garota sou eu

Nenhum comentário:

Postar um comentário